O MAIOR DOS DIAS DA AVIAÇÃO – SEGUNDA PARTE

 

Mesmo tendo recebido o sinal verde das autoridades da Etiópia e de Israel para ir em frente,   a Operação de evacuação, batizada de Schlomo ou Solomon, ainda, era um pesadelo em termos logísticos, senão vejamos:

– Havia que se organizar quase 15.000 pessoas numa cidade que estava ameaçada  de cerco militar, e nesse ponto as lideranças da comunidades locais etíopes foram muito importantes;

– Estas pessoas deveriam ser identificadas, cadastradas e distribuídas nos aviões de maneira tal que fosse  preservada a integridade e a coesão das famílias;

– Cada quilo de bagagem desnecessária poderia implicar em terem que deixar algum refugiado para trás, razão pela qual as pessoas tiveram que ser convencidas a sair do país praticamente só com a roupa do corpo;

Concentração dos refugiados antes de embarcar

Concentração dos refugiados antes de embarcar

 

– As coisas deveriam estar previamente organizadas em Israel de maneira a receber, alojar, alimentar, medicar e instalar/ integrar na sociedade israelense estas 14.325 pessoas e

– Por fim, deveriam ser evacuados os membros da embaixada israelense e a equipe de apoio que dera suporte à operação.

Veja no vídeo a seguir enquanto aguarda a publicação da terceira  parte desta epopéia.

Você também poderá gostar de : http://www.robinsonfarinazzo.com.br/o-maior-dos-dias-da-aviacao-primeira-parte/

Leia “As Leis de Sucesso dos Pilotos de Guerra” gratuitamente em :http://amzn.to/1TnIVft

 

Posted in Uncategorized and tagged , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *